quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

É piada.

Ontem tive o desprazer de de assistir ao programa do meu amigo e intragável, Léo Jr, o Band Cidade. Gostei da frase dele:
"Olha, o Programa às vezes incomoda algumas autoridades, mas temos que mostrar as boas ações de emrpesários, como o Mandacaru Boulevard Shopping".

Incomoda quais autoridades? Um programa chapa-branca, puxa-saco da administração e no bolso do colete do serviçal Diniz Neto, ousar falar em "incomodar as autoridades"? É o fim do mundo.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

E o Song.

Pois é, o que antes era motivo de orgulho para nós, virou uma coisa muito estranha. A Polícia Federal, agora, deflagra as operações e não repassa mais os nomes para a imprensa. Tem alguma coisa de errado aí. Traficantes foram presos na semana retrasada e ninguém teve acesso aos nomes. A prisão do Song, sogro do Juiz Renê também não teve seu nome divulgado. Além da operação Campo Fértil, há dois anos, que pegou gente graúda e líder(de tudo que você possa imaginar) e também não apareceu o nome do deputado federal da Dina$tia. O que estará acontecendo com a Polícia Federal?

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

A aberração dos senadores clandestinos.

Do blog, A ABiose Maringaense
"Com os dias contados
Ontem, o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) voltou a defender o fim da figura do suplente no Senado. Para ele, é necessário que a Casa aprove uma legislação que obrigue o parlamentar a cumprir o seu mandato, de acordo com o resultado das urnas. Com isso, conforme Demóstenes, tanto o Senado quanto o trabalho dos parlamentares seriam mais valorizados. Atualmente, dos 81 senadores, 11 são suplentes, sem contar com a vaga deixada por Edison Lobão (PMDB-MA), que assumiu na semana passada o Ministério de Minas e Energia. O primeiro suplente dele é o seu filho, Edison Lobão Filho (DEM-MA), que deverá tomar posse como senador aina nesta semana."
Do meu blog, no dia 28/10/07
"Wilson Mattos é uma aberração, um clandestino.
Veja o que disse o presidente da OAB, numa entrevista à Isto É, sobre o senador do voto zero, Wilson Mattos, o suplente.
"...Cézar Brito disse, também, que é preciso acabar com o senador suplente, que é uma aberração, o senador clandestino, que só se revela na hora de tomar posse”, acrescentou."
E agora, o que ele vai dizer? Com a palavra, nossa grande imprensa. Quero ver o jornalista que tem coragem de fazer esta pergunta a ele."

Notícias do Goebels.

O serviçal Ministro da Propaganda Provinciana, Diniz Neto, publicou palavras interessantes no blog dele, que o Reicardo Barro$ mandou criar para rebater a imprensa subversiva:
"São quase 27 anos (que passaram rapidamente). Uma cidade como Maringá não pára e as coisas boas vão continuar acontecendo. Foi Neruda quem escreveu e a frase vale demais para a nossa bela cidade: "A primavera é inexorável". "
Palavras lindas. Pena que em Maringá, não existirá mais primavera daqui há alguns anos, em virtude do extermínio das árvores, proporcionado pelo seu chefinho. Será que esse Diniz acredita nele mesmo.

Cassação do Moacir.

Falei ontem com o prefeito cassado de Paiçandu, Moacir de Oliveira. Está tranquilo, mas profundamente desgostoso com a política municipal. Recebeu apoio do Reynold Stephanes, ministro da Agricultura, do Ênio Verri, do Requião e, pasmem, do emplumado e superfaturador, $ilvio II. Isso é que é hipocrisia e falsidade. O líder, Reicardo Barro$, não ligou. Esse se tocou. Disse que a Justiça vai restabelecer seu mandato. Ele comparou: se eu fui cassado por pintar faixas, o que deveria acontecer com quem faz uma ciclovia de 300 mil por 1 milhão de reais. Ele tem razão.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Início de campanha.

A cassação do prefeito de Paiçandu, ontem, foi o início da campanha a prefeito da Província de Maringá. Sim, foi uma disputa entre REIcardo Barro$ e Ênio Verri. Todos sabem da influência que o líder tem sobre os vereadores de Paiçandu, principalmente sobre a família Anisio. E é claro que o Moacir tem as bençãos do Governo Estadual e do Ênio Verri. Seu padrinho político é o Ministro Reynold Stephanes. Como o jogo vai ser bruto, ele está começando pelas beiradas. O emplumado e superfaturador, Imperador Silvio Barro$ II, espera que o irmão jogue o jogo para ele. Não tem capacidade. Terceirizou o serviço para o prefeito de fato, seu irmão REIcardo. Por enquanto, o líder vai ganhando, e de goleada. Se a oposição não acordar logo, estaremos submetidos nos próximos quatro anos a ações vergonhosas como as que presenciamos nestes 3 anos.

domingo, 27 de janeiro de 2008

Isso é Reicardo Barro$.

O Rigon, democrático como ele só, desabafou sobre o comentário de um insignificante, no seu blog:
"Angelo Rigon disse...
XXXXX, o ignorante é em relação a ignorar. Você ignora que o RB grampeou o meu telefone (você tem noção do que é isso?), o do Crispim, o do Reginaldo Dias (biógrafo do pai dele)e o do promotor Cruz. Ignora que o RB contratou uma pessoa para vigiar minha casa, quando morava em Paiçandu. Ignora que ele telefonou mais de uma vez para o meu serviço, o jornal, para xingar minha mãe. Ignora que ele tentou me socar e, não fosse Paulo Porpiglio, eu teria me ferrado. Ignora que ele tentou contratar uma outra pessoa para fazer algo muito pior comigo, que essa pessoa recusou e foi ameaçada de morte. E isso só uma pequena parte. A ignorância vem daí: de ignorar o que os Barros fazem de errado; quando não prejudicam pessoas, prejudicam a vida política e até mesmo contribuem para a acefalia da cidade, pois, com o apoio dos PFs da vida, criam muitos ignorantes neste município."
Pois é, esse é o tal do vice-líder, Reicardo Barros, o democrático, que aceita pacificamente posições contrárias. A cidade e a região foi tomada por pessoas perigosas.

Vamos cassar o Imperador Silvio II.

De acordo com o pasquim, O Diário da Província do Norte, foram três os motivos que determinaram a cassação:
"A CPI e uma Comissão Processante (CP) concluíram que a licitação aberta pela Prefeitura de Paiçandu, no ano passado, teve como pontos irregulares o favorecimento de uma empresa (licitação dirigida), foi superfaturada e que o prefeito cometeu falta de decoro por fazer parte do pagamento adiantado.
Então, na Província de Maringá, temos que iniciar imediatamente a leitura do processo de cassação do emplumado e superfaturador, Imperador Silvio II. Enumeremos os mesmos três motivos:
1) a licitação foi dirigida- o Ademir del Pintor, notório financiador da campanha da Famiglia Barros , foi beneficiado na licitação da Ciclovia da Corrupção. Este é um ano de eleições e eles são movidos a grana.
2) Superfaturamento - já foi dito, nacionalmente, que os custos da Ciclovia da Corrupção ficaram 300% acima dos preços normais.
3) Pagamento adiantado - o Imperador, em uma das licitações fraudulentas deste (des)governo, beneficiou o Hospital Santa Rita, com pagamento adiantado para o SAS do Silvio, que veio a substituir a Capsema, como pagamento de campanha onde Hospital dispendeu dinheiro e até criou um jornal temporário.
Será que o deputado meliante, Reicardo Barros, irá pedir para o Jão Alves, O Hossokawa, O Dorival, a Edtih, cassarem o irmão indefeso dele?

Ricardo Barros foi pego.

O PP, do líder e negociante, Reicardo Barros, começa a ruir. As multas são astronômicas. Será que o superfaturamento da Ciclovia da Corrupção é para quitar essas multas?
"
Queijo suíço 1. O ministro do TSE Caputo Bastos enviou nove questionamentos sobre a prestação de contas do PP em 2006. Há dúvidas do destino de parte do dinheiro arrecadado que sobrou das campanhas nos Estados.
Queijo suíço 2. Também faltam recibos do uso do fundo partidário pela Juventude Progressista e pela Ação Mulher Progressista. Em outra frente, a Receita multou o partido em R$ 5,3 milhões. "
Painel da Folha, órgão máximo da mídia conservadora e golpista.

Comemoração.

A comemoração foi intensa no reino da Dinastia Barros, em virtude da cassação do prefeito Moacir de Oliveira. Assim que foi comunicado da cassação, Reicardo Barros ligou pessoalmente para cada vereador e já marcou reunião para conversar com todos. Deve ser sobre o tal do pagamento. A cena me lembrou o enforcamento do Sadam, para satisfazer o Bush. Porquê esse deputado criminoso não estimulou os vereadores de Floresta a cassarem o José Roberto Ruiz? Os flagrantes desrespeitos à Lei de Responsabilidade Fiscal já levantados teriam levado-o a ser cassado tranquilamente. Porquê o gordo apresentador e achacador, Pinga Fogo(arghhh!!) não faz campanha pela cassação do Zé Roberto? Agora sei porquê o deputado e líder esnoba a Justiça. Aliás, sabendo como é a tal da Justiça, sei porquê ele chegou até aqui. Triste país em que a Justiça só funciona para os pobres. Estamos numa província dominada pelos gangsters. De grosso calibre.

A cassação do Moacir.

Há pouco tempo atrás, foi cassado o prefeito de Paiçandu. É um homem humilde, mas de muita determinação. A Câmara de Paiçandu é formada somente por bandidos. Gente da pior espécie e escória. O prefeito, Moacir de Oliveira, é meu amigo há muito tempo. Ousou enfrentar gente poderosa e negou-se a dobrar os joelhos perante o achaque da Câmara Municipal. Foi jurado de morte. O principal opositor, Anisio, ou Anisinho é um membro da guarda pretoriana do líder, Reicardo Barros. Inclusive, este foi visitá-lo na prisão, quando o Anisinho esteve lá por cobranças irregulares. O pedido de cassação foi estimulado, patrocinado e financiado pelo líder da Dinastia Barros. O desespero está batendo às portas. Reicardo, protetor do emplumado e indefeso, Imperador Silvio II, quer enfraquecer os prefeitos contrários à sua Famiglia na região. Paiçandu e Sarandi são peças da estratégia do líder. O próximo passo da estratégia é enfraquecer a possibilidade de coligação do oposição amigável Ênio Verri e Jão Ivo. Ele teme que seu irmãozinho não vá para o segundo turno, com essa coligação. Tenho certeza que o Moacir vai recorrer e terá seu cargo recuperado na Justiça. Os venais vereadores de Paiçandu tiveram aulas práticas em Maringá, com o dono da Câmara, Jão Alves. O prefeito deve sair de cabeça erguida.

sábado, 26 de janeiro de 2008

Hipocrisia.

O meu amigo e venal, Edson Lima, contou uma piada hoje na sua coluna, no "ótimo" pasquim O Diário da Província do Norte:
"Apoios. O jornal "The New York Times" anunciou seu apoio às candidaturas presidenciais dos EUA a Hillary Clinton, pelo Partido Democrata, e a John McCain, pelo Partido Republicano. Se fosse no Brasil, o jornal levaria um pau homérico."
Ahahahahahahh. Eles são imparciais. Ahahahahah. Essa foi boa, muito boa. Gostei do espírito de humor dele. Venais, como ele, só tem um lado: onde estiver a Famiglia Imperial Barros, Jairo Gianotto, Fernando Henrique Cardoso, Osmar e Árvaro Dias. Menos, menos, Edson Lima.

Crime de Guerra.

O caso do Parque Tarumã é um crime de guerra. Portanto, os responsáveis deveriam ser tratados como criminosos de guerra e julgados em órgãos internacionais como a Corte de Haia. Maringá está com policiamento sofrível. A polícia faz o que consegue com pouco efetivo, equipamentos e treinamento. Os bandidos estão sob o efeito do crack ou da política. Isso mesmo, da política. É ela que tem o poder de uma bomba. Quando explode, as conseguências são sobre a cabeça de inúmeras, milhares de pessoas. O caso do Parque Tarumã(cujas casas foram construídas num local impróprio) é um problema político. O empreendedor é o Sr. Bertoncelo, o soturno empreiteiro que está ganhando o terreno da antiga rodoviária, que se dará após a implosão da mesma(deverá ser um show pirotécnico, com o sobrevôo dos aviões da Esquadrilha da Fumaça), e para quem não conhece, é o dono do Avenida Center. É um homem muito rico. Já ganhou dinheiro para a 10a geração depois dele. Mas, ele precisa de mais. E não quer nem ouvir falar da situação desesperadora dos moradores. O prefeitinho, que teve parte da sua campanha financiada por este cidadão, está protegendo-o. Está mandando asfaltar o bairro. Não adianta: ele será tragado pela umidade e pela quantidade de água que brota da terra. A Justiça, bom a Justiça está muda e compactua com os desmandos do (des)governo do emplumado e superfaturador. E o irmão do prefeitinho já disse que não liga para medidas tomadas por procuradores do MP. O Imperador Silvio II não se incomoda com os problemas de saúde que as pessoas estão submetidas, por causa da umidade que se alastra pelas paredes das casas. É um crime de guerra e essas pessoas merecem o título de criminosos de guerra. Será que não dá para montar um Tribunal de Nuremberg para colocar esse pessoal?

Policial de blogs.

O policial de blogs, Ministro da Propaganda da Província e pagador da imprensa venal, Diniz Neto, continua fazendo hora extra pela blogosfera. Eu já desisti de pedir para o prefeitinho pagar hora extra para ele. Mas é legal ver ele escrevendo sobre democracia e justiça. Como se existesse democracia neste (des)governo do qual, ele e a Meta, transformaram no maior exemplo do que é o Marketing: enganação pura, vender o que não é a realidade, mascarar o conteúdo podre para torná-lo atraente aos olhos dos incautos. Um dia eu conto um caso dele, pessoal, de exemplo de "democracia". E justiça, só se for a deles, em que nenhuma instância faz nada contra eles. Cita a Veja(maior exemplo da imprensa preconceituosa e golpista) como exemplo Imprensa. Um órgão totalmente irresponsável e venal, como a imprensa que ele compra em Maringá. Falar em sentido crítico permanente da "imprensa" da província é nos jugar como idiotas. E, por último criticar o anonimato, como exemplo de mídia alternativa. Se até ele, a mando do chefinho, teve que criar um blog, para nos combater nesta seara. É ridículo este cidadão: porta voz da Amusep, do ex-prefeito Stroher, da Unimed, da Famiglia Imperial Barros e deste (des)governo municipal. Será que ele acredita nas suas mentiras? Vejam o artigo do Goebels do (des)governo provinciano.
"Estudantes e a mídia: fora da realidade
Leio no blog do Rigon uma manifestação de estudantes ela democraização da mídia maringaense. Alegam que alguns veículos estão posicionados ao lado da atual administração e de vereadores.Como vivo o dia a dia desta relação e vejo os veículos com um sentido crítico permanente, publicando e noticiando sempre os dois lados, discordo frontalmente da versão que tentaram "vender" na manifestação.Aliás, bem mais fundamentada foi a revista "Veja" na reportagem por eles citadas no manifesto, quando realmente desmascarou o mito do "guerrilheiro boa pinta e humano".O que é preciso compreender é que a mídia tem que dar espaço também aos acertos e conquistas de uma cidade, bem como aos erros e falhas. Ao contrário, muitos blogs dão espaço apenas a problemas e a grande maioria deles forjados, no adobe ou na esperteza.Exempo claro é a tentativa de dizer que Maringá tem uma ciclovia que custa muito caro o quilômetro - sem explicar aos leitores que o valor da obra não é apenas de uma ciclovia, mas de várias obras importantes para uma comunidade de quase 20 bairros da cidade.Outro exemplo é tentar dimunuir a importância das obras no Santa Felicidade, como se o bairro não tivesse inúmeros problemas, como se não fosso justo tentar melhorar a vida das pessoas.Ou seja, quando a mídia mostra os acertos irrita e desagrada aqueles que querem apenas notícia ruim, a falha, o erro.Democracia e justiça nem sempre rima com militância política. Levar vantagem em tudo parece mais certo para quem prefere não olhar para o cidade como ele realmente é e está.Para finalizar, até o anonimato covarde e cheio de crimes de calúnia, difamação, metiras e sacanagens passa a ser citado como exemplo de mídia alernativa. Há algo muito estranho neste manifesto e uma fragilidade total na lógica e nos argumentos deste "manifesto"."
P.S. no afã de escrever um post para nos criticar, o cidadão comeu muitas letras na digitação, que não é o seu forte. O forte dele mesmo, é pagamento de "jornalistas".

Saudades do Zanoni.

Agora, que o líder, Reicardo Barros, autor do best-seller "(Estou) de olho no seu dinheiro de no do Brasil arranjou 20 milhões para erradicar as pessoas simples do Jardim Santa Felicidade, para pagamento a um dos seus financiadores da campanha, precisamos urgente da ação firme, corajosa e transparente do Controlador-Geral das licitações da Província. Ele que foi para Maceió ver o quanto custou a Ciclovia de lá(foi com a família e tudo) ainda não retornou. Tudo bem que só faz 20 dias, mas estamos precisando da sua habitual perícia, para organizar o esquema das licitações em Maringá. É muito financiador de campanha, e todos estão querendo a sua parte neste último ano de mandato. Ele passou a bola para o Ariovaldo Costa Paulo, mas até ele o acha fraquinho demais. É muita prosa e pouca ação. E o Ariovaldo já ganhou a desafetação de uma rua para seu irmão. Isso é a Província.

Mudança de sobrenome.

Diante da prisão do sogro do Dr Renê, sua mulher já estaria entrando com os papéis para mudança, ou melhor, alteração do seu sobrenome. Ao Song, ela acrescentaria a letra "a", passando a ser conhecida pelo novo sobrenome: Songa. Vai ficar muito bom. Imagino a coluna da Lu Murdoch, com a legenda da foto "Renê e a Songa em evento festivo na casa dos Ewing". Vai ficar um sobrenome de muita sonoridade.

Silvio Barros é o maior mentiroso da Província.

Todos dizem que o povo é sábio. E eu acredito nisto. Veja o resultado da enquete: "Em relação ao episódio da Rodoviária, quem você acha que é o maior mentiroso?"

O Imperador Silvio II. 31 (58%)
O asqueiroso Reicardo Barros. 5 (9%)
O Bertoncelo e sua g(r)ana. 4 (7%)
O deplorável Ulysses Maia. 6 (11%)
A imprensa venal da Província. 7 (13%)

Total de votos: 53

Diniz Neto e a imprensa venal.

A União da Juventude Socialista ligada ao PcdoB de Maringá realizou hoje pela manhã ato pela democratização da mídia nacional e regional. A palavra de ordem é desmascarar a blindagem feita pelos veículos de comunicaçaõ de Maringá em relação a administração incompetente e cheia de irregularidades do governo Silvio Barros.
Pessoal, é só pedir para o serviçal Diniz Neto parar de pagar a imprensa venal da Província. Veja o que aconteceu com o Requião: parou de pagar e agora, além da imprensa venal, Globo à frente, tem até juiz federal para tentar pegá-lo.
P.S. Vi, agora há pouco, no Blog do Rigon, o teor do Manifesto do pessoal da União da Juventude Socialista. Agradeço à menção e torço pelo crescimento da mídia alternativa, como os blogs. É a guerrilha da imprensa. Procuro fazer minha parte e continuar denunciando a compra da "imprensa" por parte do Ministro da Propaganda, Diniz Neto.

Achaque.

Todos sabemos que a Província tem uma rede de achacadores muito grande: apresentadores de TV, donos de jornal, dono de revista de aeropoto e muito mais. O achaque consiste de ficar ameaçando pessoas com algum segredo ou informação que possa manchar a reputação do achacado. Veja um exemplo, no blog do aprendiz de ditador, adepto da juventude nazista, homófobo e dono do Conselho Tutelar:
"HOMEM COM HOMEM
Foi registrado um B.O contra um sujeito que gostava de promover protestos na cidade com uma... veiculo utilitário, a acusação é de que tenha violentado sexualmente um colega seu, muito conhecido na imediações da UEM. O acusado trocou a pouco tempo de partido politico. No decorrer da próxima semana mais detalhes."
O pessoal do Jardim Industrial o conhece bem.

Viajando.

Deu na coluna do fútil, Eliel Diniz, no Diário da Província do Norte do Paraná, que a esposa do senador do voto zero, está embarcando para os States para fazer compras. Lógico, o que tem no Brasil não presta.Isso é um escárnio com o dinheiro do povo brasileiro. Porquê o senador do voto zero, por ter assumido o cargo do senador frutinha, Árvaro Meses, tem direito a receber salário durante o mandato do mesmo. Então, como ele já tem mais o que comprar na cidade(a não ser a UEM) ele envia sua amada Rose Ewing comprar calças nos States, fabricadas no Brasil, para depois exibir nos seus chás e aparecer nas colunas sociais da província. Leiam o post publicado aqui:
"Domingo, 6 de Janeiro de 2008
Elite branca e preconceituosa.
Todos sabem que a elite brasileira é branca e preconceituosa. Mas também é caipira, quando se acha chique. Em Maringá, como no resto do Brasil, as pessoas pagam chegam a pagar até 2 mil reais por uma calça da Diesel, grife americana. Se é americana, então fará sucesso em meu corpo no Brasil, pensam as patricinhas brasileiras e maringaenses. Nos EUA, assim como no Brasil o início de ano é marcado por grandes liquidações, inclusive de marcas famosas. E para lá correm os brasileiros para comprar e exibir para os amigos em bares da moda. Veja o que diz o subgerente da Diesel em Miami: "Os brasileiros já são a metade dos nossos clientes. Eles compram, compram, compram! Alguns levam umas dez calças de uma vez. Acho que, no Brasil, Diesel é considerada chique. Aqui é mais popular do que lá", diz o rapaz, nascido na Venezuela, nome não revelado.FSP 06-01
E o que a maioria destes usuários não sabem, é que as calças estão sendo fabricadas no interior do Nordeste e sai daqui por R$ 39,00. E os brasileiros vão lá para comprar por R$ 500,00, os modelos mais baratos.
Essa é a nossa elite."

Homem preso pela Polícia Federal..

O Homem preso pela Polícia Federal, ontem, em Guarulhos, com 1milhão e 300mil dólares é o sogro do juiz Renê Pereira. O Rigon já soltou o sobrenome, fornecido pela Polícia Federal. Mas todos sabemos quem é. Lembro-me quando o Dr. Renê emprestou 50 mil doláres ou reais para ele e da dificuldade para receber. Ele alegava que era para fazer uns investimentos na China. Não imaginávamos que os investimentos davam tanto retorno assim. Se o Song quiser, eu empresto 100 mil para ele, se me trouxer uma quantidade dessa. Ahahahah.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Ingênuo.

O seviçal e dedicado Diniz Neto controla os "jornalistas" da imprensa venal de Maringá. Ontem, deve ter sido dia de pagamento. E gordo. O intelectualóide Milton Ravagnani escreveu um artigo estimulando, incitando, quase que obrigando o Jão Ivo a sair candidato a prefeito e não aceitar uma composição para a vaga de vice na chapa do oposição sempre amigável Ênio Verri. Achei, até, que ele iria sair em campanha pelas ruas da Província, em favor do Jão Ivo. Quem gosta de ler e não tem maldade, é uma peça de isenção jornalística. Mas, a real intenção do texto é engendrada no labarotório da Avenida Prudente de Moraes: o líder, Reicardo Barros, não quer que isso aconteça. Quer a oposição(?) com duas ou três candidaturas, para que o peso-morto do seu irmão, o emplumado e superfaturador, Imperador Silvio II, seja reeleito. Ou seja, ele está com medo. Mas o Milton acha que engana as pessoas. Foi um bom texto. Pode passar no Ministério da Propaganda da Província e pegar o caixinha.

700.

Chegamos aos 700 posts. Quando comecei o blog, o Mussi era apenas um capanga do Imperador. Hoje, ele já foi promovido na Famiglia, já é secretário. Antes de chegar aos 1000 posts, acho que ele chegará à vice-prefeito.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

O SAS do Silvio fazendo água.

O pessoal começou a denunciar o mau atendimento do SAS do Silvio. Já falamos aqui da maracutaia que foi a licitação que permitiu ao Hospital ganhar, de presente, a licitação definida em 2004, como pagamento de campanha. Todos, na cidade, sabem que a Unimed, em Maringá, que tem 25 anos, é o maior plano de saúde da Província. Eles tem 110 mil usuários. O Santa Rita, um dos maiores financiadores da campanha do emplumado e superfaturador, Imperador Silvio II, tem 25 mil usuários. Daí eles ganharam uma licitação suspeita do SAS do Lerner, e somaram mais 40 mil usuários. E agora, como o SAS do Silvio, numa licitação fraudulenta, eles arrebanharam mais 20 mil usuários. Será que o Santa Rita, sozinho, tem condições de atender 85 mil usuários, num lugar só. Impossível. Meu pai já dizia:"não tenha o olho maior que a barriga, que vai doer". Taí. Bom , mas quem liga pra isso. Não temos Ministério Público que meta medo mesmo.

Milton Ravagnani, pobres e a corrupção.

O intelectualóide, Milton RAvagnani, se acha um grande jornalista. E nesse sonho acha que pode desenvolver teorias fantásticas para ofender os pobres:
"O problema é que a cada dia se fortalece o acordo tácito de não agressão, que é a base do pacto da mediocridade, pelo qual se suprimem exigências para que as coisas permaneçam sempre como estão. E sem fazer marola, para não estragar o penteado. Acontece que, sem o desenvolvimento intelectual, fica a sociedade refém de conceitos cientificamente ultrapassados, mas que permanecem determinando comportamentos. Já falamos aqui sobre a obra "A Cabeça do Brasileiro", do sociólogo Alberto Carlos Almeida, lançado em meados do ano passado, que avalia como os valores dos brasileiros são firmados de acordo com sua escolaridade. Sua conclusão é de que quanto mais baixa a instrução, maior a tolerância com vícios sociais, como a corrupção. "
Ou seja, o pobre é responsável pela corrupção. O Ademir del Pintor, o Bertoncelo, o Jão Alves, a Edith Dias, os irmãos Barros, o Santa Rita, os empresários do núcleo duro do Parlamento da ACIM não são pobres. Porquê ele não diz que esse povo é o mais atingido pela corrupção dos que ele defendeu e defende ainda? Esse é o raciocínio. Porquê ele não diz que a imprensa venal da província é quem oculta a corrupção? Faça-me o favor.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

O líder tem razão.

Quando Reicardo Barros, o escritor do best seller "(Estou)De olho no seu dinheiro" achincalha o MP, temos que concordar com ele. Enquanto ele, o líder, seu irmão, o emplumado e superfaturador , Imperador Silvio II, o dono da Câmara, Jão Alves, e a vereadora esperta, estão soltos, depois de cometerem tudo quanto é tipo de bandalheira, o MP, brinca de fazer justiça. Leia:
"MP entra com ação contra Rei Momo magro
O Ministério Público da Bahia entrou com uma ação civil pública pedindo a anulação do concurso que elegeu o comerciante Clarindo Silva, 65 anos, o Rei Momo do Carnaval de Salvador (BA).
Na ação, os promotores Luciano Santana e Célia Boaventura afirmam que a escolha de Silva, de 58 kg, foi feita na “contramão da moralidade e da legalidade” e pedem que a vaga seja destinada a um dos “candidatos gordos” inscritos."
Esse país não é sério.

Nem adianta

O Diário da Província do Norte do Paraná, do Frank Rupert Murdoch Silva pediu, mas não vou atender."Quem tem site pessoal, de empresa ou um blog e quer oferecer um atrativo a mais para os leitores pode, agora, inserir, gratuitamente, as manchetes publicadas no O Diário Online."
Isso é para os blogs do aprendiz de ditador e adepto da juventude nazista Vandré e o serviçal Diniz Neto.
Agora, a piada maior:
"De acordo com o diretor de Conteúdo de O Diário, Michael Silva, ......". Diretor de Conteúdo?? E quem é que disse que este pasquim tem conteúdo??

Causa da revolta

Aqui está a causa da revolta do Líder(de tudo que você poss imaginar), Reicardo Barros: "MP defende na Justiça fim de 'verba indenizatória' "
A presidente do TRF (Tribunal Regional de Brasília), Assusete Magalhães, receberá nesta quinta-feira (24) parecer em que o procurador da República Odim Brandão Ferreira defende a extinção da verba indenizatória de R$ 15 mil paga mensalmente pelo erário a deputados e senadores.
Para o representante do Ministério Público, os R$ 15 mil repassados aos congressistas constituem, sim, uma ilegalidade. Alega que deputados e senadores já dispõem de recursos para o custeio dos seus mandatos. Menciona o auxílio moradia e as cotas de passagens aéreas, de telefone, de correspondência e de impressão gráfica."
Todos sabem que Reicardo é o deputado paranaense que mais gasta essa verba. Ele é tão metódico e aproveitador que, no fechamento do mês, quando falta pouco para bater os 15 mil reais, ele manda um assessor pegar uma nota de bala ou chicletes, para rou.., ops, usar o dinheiro do Brasil totalmente.

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Dança.

A Secretaria da Cultura do Município de Maringá, convida todos para prestigiarem a apresentação do Projeto Convite à Dança com a Cia de Dança Ucraniana Verkovena de Maringá, hoje, no Teatro Reviver, Avenida Cerro Azul/Praça Todos os Santos), às 20h30. A entrada é franca.O deputado Ucraniano e presidente da Frente Parlamentar Brasil-Ucrânia, Reicardo Barros, não irá, A não ser que o pessoal da Siemens esteja por lá.

Eu concordo.

Quando o líder(de tudo que você possa imaginar), Reicardo Barros, fala na imprensa que o Ministério Público, com suas denúncias, não coloca medo em ninguém, eu tenho que concordar com ele. Se ele, seu irmão, o Imperador Silvio II, a Edith e o Jão Alves, ainda estão soltos, é porquê ele tem razão. A Justiça não foi feita para essa casta. Estou começando a achá-lo muito coerente. Porquê o bandido só continua a cometer crimes, sabendo que não será punido. Temos muito a aprender com a experiência desse rapaz, que escreveu o livro "(Estou) De olho no seu dinheiro", best seller no mundo político e policial.

Hummmmm!

O aprendiz de ditador e nazista, Vandré Fernando, e o serviçal e coordenador das caixinhas da imprensa venal, Diniz Neto, anunciando a revista do Rigon é uma coisa muito estranha.

Agora é tarde.

Do blog do Rubem, presidente do PT provinciano:
"Plano de Saúde da Prefeitura não tem médico
Um servidor público municipal foi agendar uma consulta com um especialista no novo plano de saúde da Prefeitura e ouviu a seguinte resposta do atendente: "não tem no momento", e, explicou ao servidor: "É que o Hospital está ainda contratando novos médicos", e, concluiu: "o seu agendamento vai ficar lá para o mês de junho, tudo bem? É mole! Pelo jeito o barato vai sair bem caro para o servidor."
Mas onde estava o PT quando todos falavam que a licitação seria fraudulenta e viciada, para favorecer o Hospital Santa Rita. Que eu saiba, só o vereador Humberto Henrique se manifestou. Se o PT da província for a ação de um homem só, como eles pretendem enfrentar o Imperador Silvio II nas eleições? Ou é só conversa para boi dormir?

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

É batata!

Essa (des)administração, do emplumado e superfaturador Silvio Barros, tem uma característica muito forte, que é a previsibilidade. Tem uma licitação para a Capsema, todo mundo sabe quem vai ganhar. Tem uma licitação para a implosão e posse do terreno da rodoviária, todo mundo sabe quem vai ganhar. Tem necessidade de acobertamento de irregularidades nas licitações, todo mundo sabe quem vai ser nomeado para abafar. Enfim, tudo é previsível. Ontem, indo almoçar com minhas filhas no Silvan Cult, parei no semáforo em frente a AABB e comentei para elas: olhem para o que resta daquele bosque e das árvores que estão plantadas no passeio publico em frente. Uma delas me perguntou: porquê, pai. Eu respondi: porquê logo vai ser derrubado o resto da mata no interior do terreno. Mas como o prefeito é o Imperador Silvio II, ele vai derrubar as do passeio publico(calçada) também. Pois é! Fui visitar minha tia hoje à tarde(que está internada no Hospital Paraná) e surpresa: começaram a devastar o que restou da mata interna e também as árvores do passeio publico. É batata! Falei com minhas filhas agora há pouco e elas disseram: pai, jogue na loteria. Eu disse: filhas, isso não é probabilidade. Isso é previsibilidade. Combinamos de acessar agora à noite o Google Earth, para que elas saibam que Maringá já foi mais arborizada antes deste predador, que responde pela alcunha de Silvio Barros II. O ogro das florestas. É revoltante.

Maringá, cidade dos evangélicos.

Leitor coloca um comentário bem no momento que eu ia abordar o assunto: a cidade além de ter sido cedida para os empresários do Parlamento da ACIM, aos financiadores da campanha e aos CCs que não trabalham, agora está entregue aos evangélicos também. Já abordamos aqui sobre os carros estacionados em local proibido na frente da Comunidade Evangélica(na verdade um shopping de religiões caça-níqueis), na avenida Itororó. Foram mostradas fotos no site e pedido providências ao Secretário de Transportese ao Capitão Paschoal. Já se passaram 3 meses e, nada. Será que podemos andar por aí com sinalizadores(como eles colocam) e estacionar em qualquer local proibido, Capitão?? O que eles tem sobre os demais contribuintes que permite que eles possam passar por cima das leis? Eles pagam mais IPTU? É inadmissível passar por lá todo domingo e alguns dias da semana e ver este flagrante desrespeito às leis de trânsito. Gostaria de perguntar ao Capitão Paschoal o que preciso fazer ou ter para fazer parte de uma casta privilegiada e protegida pela Polícia Militar e Secretaria de Transportes?? Faço o que precisar ser feito para ser um contribuinte privilegiado perante os demais. Deve ser chique e dá status para a pessoa que burla as leis.

domingo, 20 de janeiro de 2008

Vereadores de Londrina....e Maringá.

Assim como um Barros enlameia Londrina, aqui temos pelo menos 3 para nos Embarrear. Em Londrina, um empresário foi achacado para pagar por uma alteração na lei de zoneamento. Aqui, na Província de Maringá, a coisa funciona da mesma forma. Se um empresário precisar de uma mudança no código de Zoneamento, isso terá que ser feito através lei municipal. Ou seja: se você é empresário, deve ir ao prefeito ou à Câmara. Nos dois, o empresário terá que "engraxar" a burocracia. Na Câmara, do Jão Alves, vai um vereador na frente. E depois vai o próprio para negociar. Eles pedem entre 50 e 100 mil reais, dizendo que tem que repartir com mais alguns vereadores para aprovação do projeto. Sem a verba, sem aprovação. Sei disso, pela boca do próprio empresário. O desenvolvimento de uma cidade é obstaculizado pela corrupção. E muita gente séria recusa-se a pagar este pedágio. E a cidade perde empregos e renda.

O intragável Léo Jr.

Tive o desprazer de assistir ao programa do Léo Jr na sexta-feira(18/01). É um programa interessante, totalmente chapa-branca. Nesse programa ele levou o oposição amigável Ênio Verri para ele dizer quando deixaria a Secretaria de Planejamento para se dedicar a sua candidatura. E para surpresa dele, a data informada pelo líder do Clã dos Verri foi de 05/06, para frustração de muitos. Só faltou o Léo Jr pedir para ele continuar na Secretaria e deixar a prefeitura para o chefinho do serviçal Diniz Neto. Mas o mais surpreendente do programa foi a nota dele sobre os vereadores de Paiçandu. Ele disse que na vizinha cidade de nossa província, os vereadores estão bravos com o Prefeito, que ele tem que agradar a Câmara, ter um bom relacionamento, etc. Só faltou ele dizer para o Moacir de Oliveira vir aprender com o Imperador como submeter uma Câmara como a de Maringá, onde ele subjugam a maioria dos vereadores, através do amestrador de vereadores, Jão Alves. Aqui, eles usam verbas, cargos, favores e até fotos comprometedoras, não é Viana? Ou seja: o Diniz está usando seus jornalistas amestrados para ficar ensinando aos prefeitos da região. Tudo a mando do líder(de tudo que você possa imaginar) Reicardo Barros. A crise em Paiçandu tem o dedo, a mão e todo corpo desse deputado. Ele quer colocar seu candidato, que já foi preso por estelionato como candidato. É uma lástima a atitude do homem que escreveu o best-seller "(Estou)De olho no seu dinheiro".

Usando carro oficial.

Leitor me manda um e-mail:
"...no ano passado o Setran utilizava uma S-10, toda adesivada e com giroflex, para fiscalizar o trânsito mas, após assumir a secretaria, o Sr. Guerlles ordenou a retirada dos adesivos e do giroflex e passou a utilizar o veículo. E nem fazia questão de esconder isso... quem passava defronte a casa dele, nos fundos da AABB, sempre via a S-10 estacionada em frente.
Esperamos que esse novo veículo seja, de fato, utilizado para o bem da população.
Mas vamos falar a verdade... é justo você passar em frete das casas de secretários e ver veículos públicos estacionados em suas garagens? É legal ver um Uno do Saop sempre estacionado na garagem do Dinis Afonso? Será que esse pessoal utiliza esses veículos APENAS no horário de trabalho ? Será que utilizam APENAS para o trabalho ?"
No (des)governo municipal do afrontador de leis, Imperador Silvio II, pode tudo. Os limites foram todos ultrapassados. Ali, pode tudo. Com a palavra os senhores secretários.

O grande urubu da Província.

Bem no momento que a faculdade Uniandrade está fazendo água novamente e o Urubu-rei, Wilson Ewing Mattos se prepara para arrebanhar todos os seus alunos ou comprá-la, aparece esse tal de Wilson Rezende para trazer fatos que o pai do Wilsinho, o Megalômano, quer esquecer. Pôxa, esse pessoal não podia esquecer estas coisas. Veja só:
"JUSTIÇA PARANAENSE TEM AÇÃO CONTRA SUPLENTE DE ALVARO DIAS
O professor Wilson de Matos Silva(Reitor do CESUMAR), suplente do senador frutinha, Alvaro Dias, possui uma ação popular que corre na Vara Cível do Fórum de Jandaia do Sul, desde 1987, contra ele e outros ex-funcionários da Fundação Educacional Jandaia do Sul (Fafijan), da qual foi diretor entre 1984 a 1987.
Segundo informações do Fórum, o caso está em fase de execução de sentença e seria motivado por supostos desvios de verbas na Fafijan. “Ele (Wilson Matos) foi diretor aqui e foi destituído”, comentou o vice-diretor Dirceu Cléber Conde. “Acho que as outras gestões não se interessaram pelo caso, e nós sim”. Os valores atualizados citados na ação eram de R$ 122,4 mil em 2003, além de multas por adiamento da execução. Desse total, R$ 14 mil já foram devolvidos via depósito judicial no fim de 2006 referentes aos salários dos réus. Fonte: Folha de São Paulo.

O Imperador Silvio II e o Coliseu.

Ontem, assisti pela 5a vez ao filme O Gladiador. Um grande filme e histórico. É como se e estivéssemos dentro do que era o Coliseu no seu esplendor. O Coliseu sofreu a ação do tempo e das guerras. Mas nem por isso o povo de Roma e da Itália pensaram em colocar um prédio vistoso de 36 andares em seu lugar. O que isso quer dizer: se o Imperador Silvio II fosse o prefeito da Roma atual, ele já teria mandado implodir o Coliseu e entregar para o Berlusconi. Mesmo porquê, ao seu redor se concentram muitas prostitutas. E pior: a grande maioria brasileiras. Então, se os argumentos dele para derrubar a rodoviária são de que ela é velha, está desmoroando e está cercada por prostitutas, então ele derrubaria o Coliseu, pois o mesmo está desmoronado. Sorte da Itália e de Roma não ter um prefeitinho tão ruim como esse.

sábado, 19 de janeiro de 2008

Enquete.

Resultado da enquete:"O Imperador Silvio II reassumiu o cargo na segunda-feira. Você acha que ele deveria ter retornado?

Sim. Termine essa porcaria de mandato. 2 (3%)
Não. Desse uma desculpa qualquer e não retornasse. 6 (11%)
Nem sabia que ele tinha saído. Não fez falta. 20 (37%)
Ué! O prefeito não é o Reicardo? 13 (24%)
Dá pra adiantar as eleições? 13 (24%)

Total de Votos : 54
P.S. Por causa dessa enquete, o achacador Verdelírio Barbossa já vendeu duas notinhas, para o Diniz Neto(ministro da Propaganda do Império Provinciano), em sua coluna de hoje, falando da linda e amável primeira-dama, atuando num supermercado da cidade. Todos se aproximaram para falar bem do marido dela. Inclusive, dizem, que o supermercado resolveu nem cobrar dos clientes que estavam lá no momento, de tão encantados que ficaram com a mulher do emplumado e superfaturador, Imperador Silvio II.

Medo.


Deixei de postar há dois dias, pois fiquei paralisado. O Mussi vai ser nomeado secretário do SAOP. Nesse (des)governo municipal, do emplumado e superfaturador , Imperador Silvio II, tem vez os truculentos Mussi e Mário Alexandre, os adeptos do nazismo Diniz Neto e Vandré Fernando, os bandidos condenados Jão Alves e Edith Dias e a imprensa venal como Edson Lima, Fabretti, Léo Jr, Pinga Fogo, O Diário da Província do Norte do Paraná, Joel Cardoso e Amarilírio Barbossa. Fora os sócios da Prefeitura como os empresários financiadores da campanha e o Parlamento da ACIM, comandados pelo Jeff.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Intelectualóide.

Já que os leitores do blog resolveram classificar o Gilson Aguiar como intelectualóide(e eu concordei de imediato), vamos a mais um exemplo, na Província. Ele chama-se Milton Ravagnani. Ele se considera um Josias de Souza ou um Fernando Rodrigues, da imprensa eternamente conservadora e golpista, Folha de São Paulo. Achando que está escrevendo para um jornal categoria e não para um pasquim caça-níqueis do Rupert Murdoch da Silva, ele publica pérolas nas páginas do jornaleco. Leiam e vejam se concordam ou não:
"Uma parte resolve. A violência tem muitos motores, muitas formas de se manifestar e uma enorme teia de ingredientes que transformam o tema em algo muito complexo e disforme. Óbvio, portanto, que tentar resolvê-la com soluções simplistas é uma tolice. Mas ao se decupar suas origens e fragmentar seus motivadores, num exercício aristotélico, algumas alternativas tendem a surtir efeito. Restritas aos objetos que pretendem combater, mas positivamente. "
Ou seja. Ele escreveu cinco linhas e não falou nada. Está ficando igual ao alcaide. Enrolador igual.

Senador do Voto Zero e a inveja

Wilson Mattos Ewing, o senador do voto zero e reitor da Escolinha Cesumar, teve ataques de fúria e inveja agora há pouco. É que foi publicado um estudo, e o Blog do Rigon já replicou, que a UEM é a 17a em produção científica no país, à frente até, da UEL. Fico me perguntando: como ele irá conseguir dormir hoje? Podem ter certeza que amanhã ele reunirá o CODEM, o Parlamento da ACIM, e todos os seus subprodutos, para arranjarem uma forma de privatizar a UEM e ele poder comprá-la. Podem apostar.

Vamos pagar hora extra para o serviçal Diniz Neto.

Agora é definitivo. Como ninguém mais anda lendo ou dando ouvidos para a imprensa venal da Província, o emplumado e superfaturador, Imperador Silvio II, liberou o serviçal Diniz Neto para ficar o dia inteiro no blog. O objetivo: tentar ocupar os corações e mentes dos blogueiros, ultimo reduto das pessoas que eles não conseguiram comprar. Agora, a ordem é para vigiar todos e responder imediatamente as "inverdades" que esses blogs subversivos publicam. E, também, usar o seu blog como Blog do Meu Chefinho. O blog se transformou numa sucursal do Ministério da Propagando, do governo Pepista. Qualquer semelhança com Goebels, ministro da Propaganda Nazista não é coincidência.

Santa hipocrisia, Batman!!

O achacador Amarilírio Barbossa, em sua coluna publicada no Jornal do Polvo, destaca uma discussão que ocorreu entre o Crispim e o Viana(olha o nível das pessoas). Mas, para indignação nossa, ele levanta aleivosias sobre o local da discussão e o nível dela. Ele só esqueceu de colocar que o local fica em frente de sua residência, na Avenida Gurucaia. Em que país estamos mesmo?
"Cada lugar
...O Blog do Rigon destaca que Umberto Crispim de Araújo, presidente do Diretório Municipal do PMDB de Maringá, e o vereador maringaense Walter Viana, do PHS, tiveram forte discussão sobre o quadro político local no Bar do Valério na Rua Gurucaia. Pelo local é possível imaginar o nível da discussão."

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Os "intelectuais" e o desejo de voar.

Temos uma classe de intelectuais em Maringá. E todo intelectual, odeia pobre. Lembro da minha infância, que meu pai me levava ao aeroporto para ver alguma aeronave pousar ou decolar. As aeronaves exercem fascínio em todos as pessoas, pois representam o desejo de liberdade e admirar uma das obras do homem. Mas, voltando aos intelectuais, o Rigon colocou hoje um post com a mesma abordagem que eu havia feito num post pronto desde o dia 11-01, mas que não publiquei, pois tinham outros assuntos mais interessantes. O post trata-se do "intelectual", Gilson Aguiar, condenando o desejo das pessoas verem os aviões no aeroporto. Ridículo e mostra o que podem e pensam essas pessoas. Lamentável. Mas ele era assim desde os tempos da UEM, em 2004. Se achava. Veja os comentários que pincei no blog dele:
"Quer ver o avião voar tem que pagarBlog, Artigos, Notícias - 17.12.2007 - 10:10Vamos por partes como dizia o esquartejador, já que a conversa tem este nível de retaliação. Em primeiro lugar eu não sou sócio do estacionamento do aeroporto, por mais que considere um grande negócio, mas considero a cobrança do estacionamento uma solução para quem vai ao aeroporto a passeio e não para a verdadeira função. O pagamento pelo estacionamento funciona como o centro da cidade onde se tem o “Estar”, se cobra para que ninguém utilize de forma ociosa ou sem fins lógicos o estacionamento da área central.
Pagar para estacionar no aeroportoCBN Maringá, Maringá FM - 10.01.2008 - 10:10Não considero um erro a cobrança no estacionamento do aeroporto, considero um erro freqüentar o espaço sem ter finalidade racional."

Imperador Silvio II e a falsidade.

O que houve hoje no Palácio do Imperador Silvio II foi de uma falsidade à toda prova. O alcaide, chegado de uma viagem motivada pela fuga para não se explicar sobre o escândalo da Ciclovia da Corrupção, armou uma confraternização para assinatura de alguns convênios que beneficiarão e trarão obras à cidade.A falsidade ficou por conta do choro. Me poupe. Será que ele estava chorando por causa de peso na consciência. Pois se na Ciclovia da Corrupção eles superfaturaram 700 mil em 1 milhão, em 26 milhões eles superfaturão 18 milhões É, acho que até eu choraria. De alegria. E sem licitação.

Hipócritas.

O venal "jornalista" e meu amigo, Edson Lima, é mesmo um grande hipócrita. Do blog dele(o alcaide não acredita em blogs), hoje:
" 14 12:28 Périplos
Tem gente que tem dinheiro mesmo.Gleisi Hoffmann embarcou sábado, no no Porto de Santos, para um cruzeiro a Buenos Aires.É a terceira viagem internacional que a candidata à prefeitura de Curitiba faz em menos de seis meses.Gleisi já foi para a Índia conhecer um tal de Brahma (e não é a cerveja), para a Itália e depois para a França, onde passeou de bicicleta e voltou entusiamada com o sistema de transporte sobre duas rodas. Incrível. Ele foi carinhosamente apelidada pelos adversários de “Barbie petista”.
O Imperador e superfaturador, Silvio II, fugiu semana passada temendo ser linchado pela população por causa do escândalo da Ciclovia da Corrupção e ele não falou nada da sua viagem.O Líder(de tudo que você possa imaginar), Reicardo, viajou para a Suíça, em plena época de votação da CPMF, e o Edson Lima não cobrou nada sobre a viagem. E agora ele tem pego no pé da Gleisi. Que, diga-se de passagem, não tem mandato e deve estar viajando com o dinheiro dela. Diferentemente dos irmãos Oliveira, ops, Barros, que viajam com dinheiro público.
P.S. O serviçal Francês também, na sua coluna, O Diário do Meu Chefinho, publicada no Jornal do Polvo e no Blog do Rigon, ataca as viagens da Gleisi. Mas não faz nenhuma menção às viagens dos irmãos Oliveira, ops, Barros. É sinal que o Osmar Dias já começou a distribuir dinheiro para essa "imprensa" venal da Província.

domingo, 13 de janeiro de 2008

Parem.

Gostaria de pedir aqui, pela ultima vez, que parem com esse negócio de dizer que é o Rigon quem escreve esse modesto blog. O Rigon é o Rigon e eu sou o......Inconformado. Tenho personalidade própria. Já declarei aqui, na inauguração do blog, o que me motivou a desenvolvê-lo: a não publicação, por parte dos jornais da província e do Nezo, de cartas minhas contra os desmandos que vejo na cidade. Acho o blog do Rigon o melhor e ele um jornalista do quilate do Caco Barcelos. Mas quem sou eu para ter a qualidade dele, principalmente de informantes. Basta. Só temos em comum odiarmos esta Famiglia que está aí. Pela sua arrogância, prepotência e ambiciosidade. Aliás, se eles não ligam para juízes e Ministério Público, o que tem que se importar com o meu blog? Vão catar coquinho. Sem licitações, claro.

Recordar é viver.

Nada como uma boa insônia para revirar o baú. Olha que encontrei na coluna do "insuspeito" e achacador, Amarilírio Barbossa, publicado no blog do Rigon no dia 24/02/07:
"Ricardo Barros.
A revista IstoÉ, edição de 21 de fevereiro que está nas bancas, aborda como principal matéria de capa: Que Congresso é Esse?, e um dos destaques é o deputado federal Ricardo Barros, do PP de Maringá, que é apresentado como integrante da Bancada das Empreiteiras, inclusive com direito a foto."
Pois é, daí entendemos a necessidade de derrubamento de canafístulas, implosão de rodoviária, Ciclovia da Corrupção, Parque do Japão, Vila Olímpica e demais obras do (des)governo do irmão, o emplumado Imperador Silvio II.

Laudos, nos tempos da ditadura.

"Eu tenho ódio e nojo da ditadura", disse uma vez o grande Ulysses Guimarães. Entre 1964 e 1985, várias mentiras foram tratadas como verdades. Uma das maiores mentiras, era mascarar a morte de pessoas "hostis" ao regime. Essas pessoas eram mortas em circunstâncias, digamos, de Estado. Para que as mortes fossem declaradas "deglutíveis" para a sociedade, era necessário dar uma dose de verdade. Para isso, o regime usou muito dos serviços de um médico, legista, chamado Harry Shibata. Por dinheiro, esse senhor emitiu muitos laudos, declarando, como outras, as verdadeiras causas das mortes de várias pessoas. O quê isso tema ver com a província? Tudo. No (des)governo da Mentira, do Marketing e da Urgência, do Imperador Silvio II, esses mesmos métodos, dos tempos da ditadura estão sendo usados: laudos falsos. Quando houve a queda de parte da estrutura metálica(não presente no projeto original) da rodoviária velha, os empresários abutres que gravitam o consórcio empresarial que (des)governa a cidade, sentiu um cheiro terrível de muito dinheiro. Mais que depressa, a Prefeitura encomendou, sem licitação um laudo, que permitisse a ela implodir a rodoviária. Revendo, agora, o blog do Rigon, achei o nome da empresa:
"25.5.07 Mais laudo
A prefeitura de Maringá contratou em 20 de abril último, por R$ 8.748,00, a Anhanguera Construtora Ltda para a elaboração de laudo de vistoria técnica, para avaliar a estabilidade e segurança do prédio da antiga rodoviária. Houve dispensa de licitação.A empresa, localizada no Jardim Alvorada, tem como atividade principal a construção de edifícios e, como atividade econômica secundária, obras de acabamento, perfurações e sondagens. incorporação de empreendimentos imobiliários, administração de obras e construção de instalações esportivas e recreativas."
Ou seja, a Anhanguera Construtora Ltda se propôs a ser o Harry Shibata do (des)governo municipal. Por apenas 9 mil reais, ela topou dar um laudo para implodir um pedaço da história de Maringá. Por 30 contos de réis, essa construtora vendeu a sua dignidade. As verdades da ditadura começarão a vir a tona com a abertura dos arquivos dentro em breve. As verdades do (des)governo do período de 2005-2008 virão daqui a algum tempo. Mas virão. Espero que esse cidadão, Silvio Barros II esteja vivo, para ser julgado pela História.

sábado, 12 de janeiro de 2008

Campanha " Silvio, pague hora extra para o serviçal Diniz Neto"

A todo vapor a campanha. Quero dividir, com os poucos leitores do blog, a dedicação deste homem para o chefinho. Precisamos organizar uma passeata para levar esta reinvindicação do Imperador Silvio II. Além de comandar o Ministério da Propaganda do (des)governo de Urgência e Marketing, comprar e pagar mensalmente a "imprensa" venal da Província, ter o Blog do Meu Chefinho ele também monitora todos os blogs "subversivos" da cidade. Acompanhem os comentários do Blog do Rigon, no post denominado Em Pauta(reparem no horário das postagens):
"Angelo Rigon disse...
Retirei alguns comentários desta postagem porque foram feitos da mesma máquina. Aí é malandragem...
18:45
Inconformado disse...
Porquê o prefeito teria compromisso com a história de uma cidade que, após o final do mandato, ele não morará mais?
20:59
Diniz Neto disse...
Concordo com o Jurandir.Tem outros lugares para o mercado (não sou contra ele) mas naquela localização seria um absurdo.Vale dizer que aquele prédio não tem como ficar em pé. Ele não tem fundações. Na prática, para ficar com aquela "imagem" é preciso fazer um outro prédio igual. Infelizmente ou felizmente para Maringá essa é a verdade.
21:03"

Antes que venha o I2.

Antes que venha o I2, software único no mundo importado pela Polícia Federal para evitar e detectar fraudes em licitações, o Imperador Silvio II, está ultimando os detalhes das ultimas licitações. Tudo com a observação rigorosa do Zanoni, do Ariovaldo, do Observatório Social e do Jão Alves. São ações que todos ganham: o Imperador, o Reicardo, o Zanoni, o Observatório Social, os empreiteiros, os financiadores da campanha e alguns políticos que aparecem no jornal entregando cheques para prefeitos. Pelo menos é o que diz o serviçal Francês, em sua coluna, O Diário do Meu Chefinho, publicada no Diário do Polvo e no Blog do Rigon:
"Volta e obras
O prefeito Silvio Barros reassume a Prefeitura amanhã. Logo às 9h, na sala dereuniões, assinará 16 ordens de serviço no valor aproximado de R$ 10 milhões.Também assinará com a Caixa Econômica Federal, quatro contratos totalizando R$15 milhões.
Importância
As ordens de serviço e os contratos espalharão obras por vários bairros dacidade, para construção, reforma e ampliação de escolas, creches, postos desaúde, término do Hospital Municipal, Vila Olímpica, reforma de todos oscentros esportivos, além de asfalto em bairros."

Práticas vivenciais do Francês

O jornalismo é uma prática diária. Vivencial e experimental. Os famosos jornalistas de Maringá, incluindo aí o Diniz Neto e o serviçal Francês nos dão demonstrações diárias dessas experiências.
O serviçal Francês, adepto frequentador das imediações da antiga Rodô, nos brinda com observações extraídas no dia-a-dia e em suas incursões pelo submundo. Leiam a sua coluna, publicada no Rigon:
"Velha rodoviária.
Comerciantes próximos e pessoas que são obrigadas a transitar pela antigaestação rodoviária, principalmente durante a noite, elogiam a decisão desubstituí-la por um prédio moderno, inclusive com Centro Cultural. Será o início da recuperação daquela importante área central.
Problemático
Para os vizinhos, o prédio em péssimo estado de conservação, com banheirospiores que pocilgas, botequins e lojinhas de "importados" do Paraguai era umchamariz e ambiente para bêbados, viciados, prostitutas, ladrões e outroscausadores de problemas para a comunidade."
Esse é o jornalismo real, vivenciado. Nada como a experiência de um homem desses para nos convencer da necessidade da implosão da rodoviária.

Planejamento de projetos na Prefeitura da Província.

Aqui, como funciona o planejamento de projetos na prefeitura da Província. Desparafusaram alguns lances de cobertura da Rodoviária Velha. Contrataram uma chuva forte. A parte desparafusada da cobertura cedeu, após a contratação e execução da chuva forte. Começou Bertoncelo apresenta uma proposta para o 01-Reicardo Barros. Este gostou da sugestão(e das verbas envolvidas). Ordenou ao 02-Imperador Silvio II. Este chamou seus sócios, na Prefeitura, o Parlamento da ACIM. Estes contratam o IDR e já começam a sensibilizar os empresários, que reunem-se todas as segundas-feiras, Enquanto isso, o Diniz Neto, começa a despachar telefonemas para a "imprensa" venal de Maringá, para colocarem notinhas em jornais, revistas e programas de TV dizendo que a causa da bandidagem em Maringá é por causa da Rodô Velha. Alguns(os que ganham 1 mil reais por mês, eufóricos com a grana extra, chegam a dizer na TV, que a bandidagem acabará em Maringá, com o fim da Rodô). Enquanto isso, Reicardo chama o dono da Câmara Muncipal, Jão Alves, e passa a ordem. Jão Alves reune os submissos vereadores no tatami da Câmara para aprovar o projeto. Hossokawa, um exemplo de homem público, da base do Imperador, ousa perguntar: " - Qual projeto devemo$ aprovar?". Antes de terminar a pergunta , o Ulysses Maia entra no tatami. Em cinco minutos, o projeto é aprovado. Volta para a prefeitura, não sem antes ligar do celular para o Bertoncelo já ir contratando os pedreiros e pedir um show de pirotecnia no dia da implosão. Reicardo, aliviado, viaja para a Suiça, com a sensação de dever cumprido. ). Mas pediu "rigor" e "atenção" para o Observatório Social, o Zanoni e o Ariovaldo. Ahahahahah. O "rigor" é o valor a ser combinado. E atenção é para ver se o Bertoncelo não passará a Dinastia Barros para trás.
É assim que funciona o setor de "Planejamento" da Prefeitura da Província de Maringá.
Em próximos posts mostraremos como funcionou o planejamento do Parque do Japão, a desafetação de uma rua para beneficiar o irmão do Ariovaldo, a licitação do SAS do Silvio e Hospital Santa Rita, e a licitação da Ciclovia da Corrupção e do Ademir del Pintor. Exemplos de planejamento Público.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

ACIM, Shopping Mandacaru e a Ciclovia da Corrupção.

Da Assessoria do Parlamento da ACIM "Já tem data marcada para a inauguração do Shopping Mandacaru Boulevard. Regina Daefiol, que é responde pela assessoria de divulgação da ACIM – Associação Comercial e Empresarial de Maringá-, informa que a inauguração está prevista para o dia 23 de abril."
Ou seja, a cidade está dominada por poucos que fazem para poucos. Pegaram 1 milhão do Governo Federal para fazer uma ciclovia que custou 250 mil reais, para valorizar um shopping de um empresário financiador da campanha do Imperador Silvio II. Tudo com o o beneplácito dos sócios da Prefeitura, o Parlamento da ACIM. Dá nojo e é revoltante a promiscuidade que tomou níveis alarmentes o conluio entre poder público e o núcleo duro do Parlamento da ACIM. A província tem que ser desinfectada dessa gente.

Mas tinha saído?

O emplumado e superfaturador, Imperador Silvio II, reassume o cargo na segunda-feira, depois de ter fugido para não responder ao escãndalo da Ciclovia da Corrupção.
Perguntar não ofende: Mas ele tinha saído???? Nem senti a falta.

Do Blog do Meu Chefinho.

Estou lançando aqui o movimento "Silvio, pague hora extra para o serviçal Diniz Neto". Ele tem mandado respostas para os blogs identificados da cidade, como o Rigon e o Messias. Hoje, ele até citou o blog do Rigon. Éuma rotina muito extenuante manter um (des)Governo de Marketing, comprar "jornalistas" venais e ainda ter que responder a esses blogs "subversivos". Ele foi dispensado mais cedo para acompanhar a "Hora do Terror" hoje, na Globo News:
"Terminou agora o programa "Espaço Aberto" dessa sexta-feira, na Globo News.Carlos Monforte comandou o programa que teve como convidados o deputado federal Ricardo Barros (PP/PR), vice-líder do governo e presidente do PP/Paraná, e o deputado federal Rodrigo Maia (DEM/RJ), presidente do DEM.

Barros preso recebendo propina.

O líder do PMDB na Câmara Municipal, Barros, foi preso em flagrante sob acusação de receber propina para facilitar tramitação de projetos no Legislativo.
A prisão ocorreu após Barros receber R$ 9.900 de um empresário. Ele é investigado há dois meses pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público do Paraná.
P.S. A história, que todos achamos que se passou em Maringá, se deu em Londrina. Mas que é perfeitamente encaixável na Província, isso é.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Reicardo na Suiça IV.

A Brasil será o quinto país a utilizar esse sistema, que não chegou nem aos Estados Unidos, nação de avançado suporte de investigação. O I2, que faz parte do Sistema Integrado de Inteligência, permitirá identificar, de uma só vez, as ligações telefônicas e a movimentação bancária — com detalhes como montante de recursos e espécie de moeda usada nas transações — e também será usado por outras áreas da Polícia Federal, descentralizando as investigações. “Se for identificado crime de lavagem de dinheiro, mandaremos o caso para a Coordenação de Combate ao Crime Organizado. Se houver sonegação, passamos para a área de Polícia Fazendária”, explica Emmanuel Balduino de Oliveira.O sistema da PF vai cruzar as informações sobre fornecedores do governo, contratos, convênios e repasses feitos pela União, identificará quais orgãos participam dos processos e o cronograma do trabalho desenvolvido. Em outra frente, verificará as emendas parlamentares, os valores pagos e os créditos autorizados. Apenas com o número da licitação, o sistema gerará um gráfico que permitirá fazer a fiscalização dos recursos a partir da liberação de uma emenda parlamentar. Os investigadores saberão, por exemplo, se a verba teve como ponto final uma obra realizada por construtora ligada ao autor da emenda.Para Emmanuel Balduino de Oliveira,chefe de Doutrina de Inteligência Policial da PF, o I2 também vai facilitar análise de documentos apreendidos. Como a PF já terá monitorado todos os bens e papéis ligados à investigação, uma avaliação de documentos que seria feita seis meses vai ser concluída em 10 minutos, com a ativação de alguns comandos eletrônicos. “O policial vai passar menos tempo pesquisando e mais tempo analisando”, observa o delegado. “Estávamos gastando muito tempo em uma investigação de fraudes em licitações.” Ele diz ainda que os custos do sistema, é bem menor do que o volume de dinheiro investigado em operações da PF.

Reicardo na Suiça III.

Acho que o que apressou a importação desse software I2 foi a quantidade de licitações dirigidas que estão ocorrendo na Província, (des)governada pelo Governo de Urgência e Marketing, do Imperador Silvio II e a Dinastia Barros. Já sou fã desse software.

Reicardo na Suiça II.

Hoje, muitas fraudes são descobertas pelas auditorias da Controladoria-Geral da União (CGU) depois de a prestação de serviço ou a obra ter sido concluída, o que dificulta a recuperação do dinheiro desviado.Também serão monitoradas emendas feitas por parlamentares ao Orçamento da União(caso da Ciclovia da Corrupção e da Vila Olímpica) cuja destinação seja uma única empresa, por determinado período. A PF estima que, com o novo sistema, uma investigação que atualmente leva em torno de um ano será concluída em três meses. A decisão de usar o sistema foi tomada em função do elevado volume de recursos desviados que não retornaram aos cofres públicos nos últimos anos.De acordo com o chefe de Doutrina de Inteligência Policial da PF, Emmanuel Balduino de Oliveira, o software I2 fará um trabalho de prevenção. “Seu funcionamento será semelhante ao que faz hoje uma operadora de cartões de crédito: quando observa uma operação atípica, logo suspende o cartão”, explica o delegado. “Nosso sistema agirá no momento em que é acionado um dispositivo de alerta, quando houver atuação fora dos padrões.” Para fazer o acompanhamento, a PF estará interligada ao banco de dados da CGU, que armazena informações atualizadas dos processos licitatórios em andamento no governo federal(vide Ciclovia da Corrupção e Vila Olímpica).

Reicardo na Suiça I.

Descobri o motivo da viagem do Líder(de tudo que você possa imaginar), Reicardo Barros, à Suíça no final do ano passado. O motivo tem nome: I2. Um software desenvolvido pelo serviço secreto britânico que vai buscar indícios de irregularidade em processos de licitações e destinação de verbas federais. Quando detectados, deverão gerar a abertura imediata de inquéritos. O software foi importado pela Polícia Federal. A viagem tinha o objetivo de tentar impedir a venda do software para a Polícia Federal brasileira. O destino Suíça foi só um despiste. De Berna, ele foi para Londres onde manteve contatos para ver se, com o seu poder, poderia frear esse insulto do Governo Brasileiro. Como todos sabem, a província está eivada de vícios e direcionamento nas suas licitações(vide o caso da Ciclovia da Corrupção).

Vítimas do Barrismo.

Achei legal a defesa que o Wilson Quinteiro faz das vítimas do nazismo. É um acontecimento que marcou e comoveu o mundo. Será que temos, na Província, advogados para defenderem as vítimas do Barrismo. As sequelas são terríveis para as vítimas que são maltratadas e discriminadas pela Guarda Pretoriana do Imperador Silvio Barros II, e pelos simpatizantes da Dinastia Barros. Daqui 50 anos, quando a História da Província estiver sendo escrita, vamos descobrir que o Barrismo provocou um holocausto na cidade. Agora mesmo, o Ministro da Propaganda da Província, Diniz Goebels Neto, tenta reescrever a história. Cabe a nós, a reação. Heil, Silvio!

Piada.

Não tem jeito. O homem merece receber hora extra mesmo. O serviçal e baba ovo da família Barros, Diniz Neto, virou vasculhador de blogs em defesa da oprimida Famiglia Imperial Barros. Tem um dos poucos computadores da prefeitura com direito a acesso a blogs, ditos "subversivos" da cidade. Além de defender essa família repugnante, agora ele está como defensor dos coitadinhos dos jornalistas venais da cidade. Ele, como pagador dos mesmos, já deu até a tabela de cada um no seu post: de 200 a mil reais. Agora, vir defender a imprensa venal é de um amadorismo a toda prova. O único que poderia fazer essa defesa é o Geraldo Irineu, presidente da AMI. E desmentir reuniões na Prefeitura e negar jabá para os venais é a mesma coisa que falar que as licitações na Província não são viciadas. Ridículo. Leia o manifesto dele, em defesa do Pinga Fogo, Fabretti, Joel Cardoso, Léo Jr, Amarílírio Barbossa, Frank Rupert Murdock Silva, Francês e Edson Lima:
"Imprensa de Maringá
Comentei outro dia no blog do Ronaldo Nezo, e tenho falado com muitos colegas e muitas pessoas, que há uma tentativa de descredibilizar veículos e profissionais de comunicação.O argumento é que são venais, que estão "comprados".Chegam a escrever que os jornalistas recebem jabás por tabela, de duzentos a mil reais.Isso não existe, em forma nenhuma, no que diz respeito à Prefeitura de Maringá.Faço esse esclarecimento em respeito a profissionais e empresas que têm sido mencionados nesses comentários que pretendem "vender" que a imprensa de Maringá não tem qualidade e nem ética.Outra "notícia" insistente é de reuniões de jornalistas na Prefeitura. Nunca houve, no período de um ano, qualquer reunião de profissionais. Aliás, muitos dos citados nas supostas reuniões deste ano sequer estão em Maringá.A imprensa e os profissionais de comunicação da nossa cidade têm realizado um trabalho de qualidade, com senso crítico, determinação de informar e, acima de tudo, com a vontade de acertar que a profissão e as empresas do setor devem ter. Há um crescente profissionalismo norteando o setor e isso é muito bom para Maringá. "

Ricardo pede o fim da Polícia Federal.

o Líder(de tudo que você possa imaginar), Reicardo Barros, pediu ontem o fechamento e a dissolução da Polícia Federal. Na ocasião ele disse que a Polícia Federal está desvirtundo dos seus princípios constitucionais. Pede a criação de uma nova polícia. A irritação do deputado é porquê a PF está importando um programa de computador da Scotland Yard que detecta e até impede fraudes em licitações. O Imperador Silvio II também falou que, se este programa for importado e usado, ele não tem mais interesse na reeleição. O Zanoni, lá de Maceió, disse que nem volta mais para Maringá, se isso for verdade. E o Parlamento da ACIM já esta pensando em apelar para a corte de Haia, para evitar o uso desse software. Ontem, o Bertoncelo, o Hospital Santa Rita, as Farmácias São Paulo e todos que participaram das licitações dessa (des)administração prometeram dar todo o apoio para que isso não aconteça.

Enquete.

Resultado da enquete:"Quem é o responsável pelo superfaturamento da Ciclovia da Corrupção"

A placa. 16 (20%)
O Zanoni. 5 (6%)
O Observatório Social. 1 (1%)
O Ademir del Pintor. 2 (2%)
O Imperador Silvio II. 56 (70%)

Total de votos: 80
E olha que o pessoal do blog é bom de enquete. Eles tem acertado todos os ganhadores das licitações que a prefeitura monta. É um pessoal sábio que participa de nossas enquetes.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Suicídio.

Fiquei sabendo agora há noite, e foi contado por uma pessoa amiga da família. O filho de um médico de Maringá chamado Sebastião e que mora em um prédio que fica localizado atrás do Corpo de Bombeiros teria cometido suicídio no último dia do ano. Ele era o filho mais novo e tinha 22 anos. Morava no RJ. Pior: os últimos minutos de vida teriam sido divididos com um amigo pelo MSN ou Skype, ao vivo. Antes de cometer o ato, ele pediu para o amigo dizer, para os pais, que os amava demais. Então, ele se dirigiu a sacada e voltou. Falou mais alguma coisa com o amigo, foi à sacada novamente e não mais retornou. Ele pulara do 12o andar. O seu corpo foi enterrado no dia 00 de janeiro. Eu não sei se estou atrasado, mas não li esta notícia nos blogs e nem na imprensa de Maringá. Tudo é mais chocante pelo requinte de reality show transmitido ao vivo. Os pais estão em choque. O que poderia ter levado uma pessoa a cometer um ato desses: a depressão típica de fim de ano.

Sumido.

Estou com saudades do senador do voto zero, Wilson Mattos Ewing. Ele deve estar no Caribe, se bronzeando ou comprando alguma faculdade com melhor avaliação que sua Escolnha, tipo a Unissa. Deve vir com novidades, ao final das férias. Não vejo a hora da Rose Kendrick(não sabia que ela era inglesa) dar jantar no seu palacete e sair as fotos na coluna do Rose Entrega, no jornaleco o Diário da Provincia do Norte do Paraná. E ouvir mais um discurso dele falando da sua visita às faculdades do Japão e da Europa. Para quem sofre de insônia, essas palestras são um santo remédio.

Parlamento da ACIM.

As coisas parecem que começam a caminhar para o entendimento no Parlamento da ACIM. Estão prometendo para o pessoal que gostaria de montar uma outra chapa, que esse ano tem eleição no setor do Parlamento, a Prefeitura da Província de Maringá, e o Jefferson vai colocar o vencedor lá, seja o Ênio Verri, o Silvio ou a Aparecida. Então vai ter distribuição de cargos para todo mundo. O Jefferson ainda falou:" se eu consegui colocar até o Silvio e o Zanoni lá, não vou conseguir colocar vocês". Glup.

o cara é eclético.

O serviçal e incansável, Diniz Neto, tem que ganhar aumento. Além de ser o pagador dos jornalistas venais da cidade e montar um blog para defender o reinado dos Barros, ele agora também tem a missão de vasculhar os blogs da cidade e responder aos problemas levantados do Governo de Marketing e da Urgência. E o cara tem desempenhado a função a contento. Aqui no blog ele ainda não respondeu nenhum dos problemas ainda.Bom, acho que ele não gosta de mim. Assim ele vai acabar tirando o lugar do Fugii, da Ouvidoria Municipal. Aliás, será que ainda existe esse setor. Pelo menos o pessoal não o tem visto há tempos por lá.

Zanoni, cadê os documentos?

O nosso amigo, controlador-geral da Prefeitura, Zanoni, ou Super Zanoni, como chama-o o Reicardo Barros, já está em Maceió para estudar sobre a ciclovia que tem por lá. Na foto, que ele enviou para seus amigos da Cocamar, ele está descansando da sua caminhada matinal enquanto saboreia um coco gelado. É, ser o cara que cuida para que todas as licitações corram sem problema, é fogo. Tem que ficar viajando muito Ainda bem que pode levar a família Só queria entender porque tem que ficar 15 dias. Bom, ele é muito criterioso. Disse que quando ele voltar, não vai sobrar pedra sobre pedra. Da rodoviária velha. Boa viagem, Zanoni. Não esquece da minha conchinha.

Novo blog na província.

Tem blog novo na província www.apoltrona.blogspot.com . Vale a pena ler.

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Tem gente que acredita.

Tem gente que escreve para pessoas como a Velhinha de Taubaté, de Luís Fernando Veríssimo. Para quem não sabe, é o personagem que o Veríssimo criou que acreditava em tudo que o governo dizia. Aqui temos o (des)governo do superfaturador, Imperador Silvio II, e seus canais oficiais e oficiosos. Olha o que eles transmitem:
"Licitações
Começou a trabalhar na Assessoria de Licitações organizada pela ACIM para os seus associados, Lisandra Pezoti. O objetivo da ACIM é repassar informações aos seus associados sobre as licitações, especialmente da Prefeitura de Maringá, motivando e auxiliando a sua participação.Os empresários que precisarem de mais ajuda poderão contar com apoio do Sebrae.A iniciativa ajudará as empresas a aumentar as suas vendas e beneficiará a Prefeitura, com maior participação e concorrência nas licitações.Além disso, um dos maiores problemas da Prefeitura, em algumas áreas, tem sido a falta de participações em algumas licitações.A iniciativa da ACIM é pioneira, importante e exemplar."
Pois é. E tem gente que acredita.

Tenho que rezar mais.

Cheguei a esta conclusão. Hoje fui caminhar em torno do Parque do Ingá, por volta das 19 hs, só para não ter que assistir ao desperezível Léo Jr, na Band. Mas, eis que encontro o Amarilírio Barbossa caminhando junto com o Tabajara. Não dá, assim não dá. A cidade está ficando pequena para tanta gente perigosa. Já basta encontrá-lo todos os dias na missa das 7 horas da manhã na Catedral. Acho que tenho que rezar mais ou ter mais fé ainda.

Fiquei comovido.

Do blog do serviçal e porta-voz, Diniz Neto:
"Harry Potter e a Ordem da Fênix
Maingá tem alguns aprendizes de magia virtual. Eles vivem na sombra, anônimos ou não, manjados na esperança desesperada de prever o futuro (e distorcer o passado). Talvez inspirados na Ordem da Fênix, tentam reviver lendas e fabricar versões, como se Maringá fosse uma cidade de tolos.Criam reinos, impérios, reuniões e estórias burlescas onde desfilam seu imaginário doentio.Sua alquimia experimental não tem limites. Vale tudo no delírio do poder - de qualquer poder ou maldade.Qualquer coisa é motivo para sensacionalismo, vale distorcer tudo porque não há qualquer compromisso com notícia, realidade, vergonha na cara e ética.Eu ainda não tinha assistido a nada parecido na cidade. Estão colocando em dúvida e julgando até o que ainda não aconteceu! Juízes de todos os atos e destinos. Colegas do Mr. M, como diria, com aquela voz oportuna, o Cid Moreira.Maringá é feita de trabalho duro, de gente boa e séria. De gente que sabe separar fantasias e delírios de bons sonhos e verdades.
Lindo, não é mesmo. E hoje ele ainda se dedica a defender o 01, Reicardo Barros. O 02, Imperador Silvio II, é seu chefinho só de fachada. E ele defende ardorosamente o chefinho dos "ataques" virulentos daqueles que criticaram o 01 só porquê ele apresentou notas de 36,9 mil de gasolina, telefonemas, auxílio massagem, jabá para a imprensa venal, etc. Deveria se envergonhar de ter que defender uma atitude dessa desse deputado.

Convite à Dança.

Hoje tem a Companhia de Dança Ucraniana Verkovena, abrindo as apresentações de 2008 do "Convite à Dança", no Teatro Calil Haddad
Será que terá a participação do nobre deputado federal ucraniano, Reicardo Barros. Ou ele só é representante da Frente Parlamentar Brasil-Ucrânia para intermediar negociações, muito bemc omissionadas, da Siemens naquele país. Estarei lá para ver se o casal Reicardo-Aparecida aparecem para disfarçar. Será que devo pedir um autógrafo no livro "Cuidando do seu dinheiro". Acho que depois dos 39,6 mil gastos em despesas extras na Câmara, um autógrafo faria o preço do meu exemplar disparar.

Escroques.

"A partir de hoje, aliás, agora, 21h39, meu computador pode ler os ip - identidade digital - de anônimos que entram aqui. Como recebi uma ameaça de uma pessoa (da qual já tenho o ip), vou manter o controle dessa máquina e de meu espaço. Aliás, do meu direito democrático de ter um BLOG. E brigar por ele. " Blog da Marta Bellini.
O Rigon está recebendo ameaças de morte, a Marta sendo ameaçada. Eu sendo caçado. Porquê essa gente não se preocupa em fazer ações corretas e não ficar fazendo ciclovia superfaturada,derrubando árvores centenárias, comprando notebooks superfaturados, recebendo 36 mil de ressarcimento de despesas, entregando a rodoviária velha para amigos, entregando a Capsema para amigos, entregando o estacionamento do aeroporto para amigos, entregando o Parque do Ingá para amigos, enchendo a prefeitura de CCs, ficar brincando de que é prefeito e não um fanfarrão. Sim, esse prefeito é um fanfarrão. Pede pra sair, sr Prefeito. Aliás, sr 02. Porquê o 01 é o seu irmão. Deixem os blogueiros em paz.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

De olho no seu dinheiro.

À propósito da revelação, no Blog do Rigon, sobre os gastos do Líder, Reicardo Barros, pagos com o seu dinheiro e o nosso, mesmo sem ele trabalhar, gostaria de relembrar aqui um post antigo:
"Terça-feira, 9 de Outubro de 2007
De olho no seu, no nosso dinheiro.
O deputado federal e Líder(de tudo que você possa imaginar, Reicardo Barros, vai lançar hoje, às 18:00 horas, no Salão Nobre(hummm) do Senado da República, o seu livro “De Olho no Dinheiro do Brasil e dos Brasileiros". Sua experiência em "cuidar", e muito bem, do dinheiro dos outros, fez com que o magano enriquecesse e saísse por aí comprando partidos e pessoas da província e região. O importante é dividir seus conhecimentos com o resto da quadrilha."
Só dá pra lamentar mais esse acontecimento envolvendo essa figura repugnante, que se diz "representante" do nosso povo. Arghhhh!!!

Pasárgada.

Sobre as notícias do escândalo da Ciclovia da Corrupção se alastrando pelo país, a província já começa a ser conhecida pela célebre "Vou-me embora pra Pasárgada", de Manuel Bandeira, onde vários empresários estão pensando em se mudar para Maringá:
"Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amigo do Rei
Lá tenho a obra que eu quero
e a licitação que escolherei.
Vou-me embora pra Pasárgada!"

O que aconteceu?

Não sei o que aconteceu, mas que foi estranho, isso foi. Estava assistindo a Band por volta das 19 hs, no horário do desprezível Léo Jr, quando fui surpreendido por ele falando sobre o lixo que está se acumulando na cidade(citou o exemplo da Avenida Humaitá) e também sobre o custo da Ciclovia da Corrupção do Mandacaru. Colocou, inclusive, uma pergunta no ar para o telespectador opinar sobre o que achava do custo da obra. Sobre o lixo, salientou também que o carnê do IPTU já está pronto, mas o lixo não é recolhido. Se ele continuar assim, é perigoso eu nem criticá-lo mais. Mas acredito que seja febre ou "esquecimento" do pagamento por parte do Diniz Neto.

domingo, 6 de janeiro de 2008

O Vandré é medíocre.

De acordo com o que está no próprio blog dele, ele é medíocre:
"REFLEXÃO
PESSOAS INTELIGENTES FALAM SOBRE IDEÍAS
PESSOAS COMUNS FALAM SOBRE COISAS
PESSOAS MEDÍOCRES FALAM SOBRE PESSOAS"

Elite branca e preconceituosa.

Todos sabem que a elite brasileira é branca e preconceituosa. Mas também é caipira, quando se acha chique. Em Maringá, como no resto do Brasil, as pessoas pagam chegam a pagar até 2 mil reais por uma calça da Diesel, grife americana. Se é americana, então fará sucesso em meu corpo no Brasil, pensam as patricinhas brasileiras e maringaenses. Nos EUA, assim como no Brasil o início de ano é marcado por grandes liquidações, inclusive de marcas famosas. E para lá correm os brasileiros para comprar e exibir para os amigos em bares da moda. Veja o que diz o subgerente da Diesel em Miami: "Os brasileiros já são a metade dos nossos clientes. Eles compram, compram, compram! Alguns levam umas dez calças de uma vez. Acho que, no Brasil, Diesel é considerada chique. Aqui é mais popular do que lá", diz o rapaz, nascido na Venezuela, nome não revelado.FSP 06-01
E o que a maioria destes usuários não sabem, é que as calças estão sendo fabricadas no interior do Nordeste e sai daqui por R$ 39,00. E os brasileiros vão lá para comprar por R$ 500,00, os modelos mais baratos.
Essa é a nossa elite.

sábado, 5 de janeiro de 2008

Fugiu.

O site da prefeitura está fora do ar, de acordo com o Blog do Rigon. Será que o Imperador Silvio II fugiu com o Ademir del Pintor e levou o site junto. Será que ele fugiu de bicicleta.
P.S. desculpem, o sinal de interrogação não está funcionando em meu teclado.

Zanoni, o homem da ciclovia.

Depois do Imperador Silvio II, do Progiante, do Ademir Del Pintor, o novo nome da ciclovia da corrupção é o do Zanoni, aquele. O alcaide determinou que o mesmo vá conhecer outras ciclovias no país, para checar o valor do metro quadrado. Deve ir conhecer ciclovias em Maceió, Salvador, Fortaleza, Rio de Janeiro e Camboriú. A missão é para homens de fibra. Nesse verão escaldante submeter um pobre homem, como o Zanoni, a uma missão escaldante nesses lugares que, além de longe, estão lotados nesta época do ano. Ele é o homem indicado para esta função, ou seja, apura, apura e não entrega ninguém. Como ele fez com o caso das licitações que descobriu um desvio de 9 milhões nos cofres do Palácio, mas nenhuma empresa ou empresário foi denunciado ou sequer impedido de participar de novas licitações. A (des)administração coloca muita fé nesta nova missão. E ele ainda terá o reforço do Ariovaldo, o super auditor d Observatório Social. Como é uma tarefa hercúlea e demorada(até o Carnaval), eles poderão levar às famílias, para ter o carinho dos mesmos. Acho que eles merecem, pois devem estar sendo ameaçados de morte....por insolação. Diniz, alcaide, contem outra piada. Ridículos.

Serviçal, em serviço.

Já falei, aqui no blog, que o serviçal Diniz Neto pratica dupla jornada. No Palácio Imperial e em casa, em seu blog, defendendo a (des)administração e sociedade municipal. Ele comandou a reunião no palácio para reagir a "mais uma denúncia infâme" do Rigon, quando da explosão do escândalo da ciclovia da corrupção. Acionou os venais Verdelírio, O Diário da Província do Norte do Paraná, o Jornal do Polvo, o serviçal Francês, o gordo apresentador Pinga Fogo, o insuportável Fabretti, o intelectual Ravagnani e o desprezível Léo Jr para defenderem a (des)administração no caso da corrupção da ciclovia e jogar uma cortina de fumaça, falando da não aprovação das contas do Jão Ivo. E antes de fugir, o alcaide ainda telefonou para "um exemplo" de jornalismo, o venal Fábio Campana. O texto está no blog do serviçal, Diniz Neto:
"Lisura
O prefeito Silvio Barros, ao telefone, explicou que houve equívoco na divulgação do preço da ciclovia de Maringá. Ao noticiar o preço total de várias obras do complexo como se fosse o da pista, deu-se a confusão que elevou o preço do metro quadrado da ciclovia ao absurdo.
Boa iniciativa
Para evitar dúvidas, Barros determinou à Secretaria de Controle Interno que levante os valores orçados para a ciclovia da cidade, a sinalização, a urbanização de praças e iluminação e ainda que os auditores visitem obras similares em outros municípios para comprovar a lisura das licitações e dos preços de Maringá."
É pra se divertir.

Governo de Marketing.

Não é a toa que insisto tanto aqui no blog que este é um Governo de Marketing. Convocaram a imprensa para inaugurar uma Sala de Licitações. Convocaram o Observatório Social, um tentáculo da ACIM criado para abrigar um ex-presidente, Ariovaldo Costa Paulo, para ajudar na transparência. Nomeadaram uma apaniguado, protegido do presidente eterno da Cocamar, Luis Lourenço, o Zanoni, como contralador-geral da prefeitura. Bom, a sala de licitações é o lugar onde se reunem para sacramentar o que já foi definido anteriormente, ou seja, as licitações são todas com cartas marcadas. Os leitores do blog acertam todos os vencedores quando colocamos em enquete. O Zanoni não mostra documento nenhum das investigações que ele faz. Só aparece nome de bagrinhos e nenhuma empresa envolvida é denunciada e muito menos desabilitada para novas licitações. E o Observatório Social é uma piada. De mau gosto. O Ariovaldo não tem experiência nenhuma em auditoria. Criou uma empresa na garagem de sua sogra, na zona 2, e ela decolou rapidamente. Daí, ele conseguiu entrar no núcleo duro do pessoal amigo do dono do Parlamento da ACIM, o Jefferson Nogarolli. Como o Ariovaldo se propôs a ser um serviçal, em troca de poder e dinheiro, o Jeff o nomeou presidente da ACIM. Como a ACIM é sócia da prefeitura, neste mandato, eles colocam todos os seus membros para cuidar do que, também, é seu. Vide o Ariovaldo, o Zanoni o Willian, do IDR. Resumindo, é um Governo de Marketing porquê só tem ações voltadas para a imprensa, que é em sua maioria venal, e não para ações de resultados e de governo.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Enquete.

Resultado da Enquete: "O que você deseja para Maringá em 2008"

A volta do Imperador para Manaus. 8 (12%)
A volta do Jão Alves para o MT. 2 (3%)
O fim do Parlamento da ACIM. 1 (1%)
A estatização da Escolinha Cesumar. 3 (4%)
Todas as respostas acima. 52 (78%)

Total de Votos: 66

Já ia me esquecendo.

Não acredito! O blog está comemorando 5 meses. São 150 dias de inconformismo com os desmandos desses que se julgam "donos" da cidade. Espero continuar por vários longos dias, mesmo sem a simpatia do Mussi e do Mário Alexandre. À todos os leitores, obrigado, até aqui.

Covarde.

O emplumado e superfaturador, Imperador Silvio II, correu da raia. No que já é classificado como o maior escândalo da sua (des)administração de Urgência e Marketing, ele acaba fugindo para não ter que se explicar. A informação está na coluna de um dos seus porta-vozes, Amarilírio Barbossa.
"Descanso
Como ninguém é de ferro, o prefeito de Maringá, Silvio Magalhães Barros II, decidiu tirar um período de descanso, já a partir da semana que vem. Não se sabe qual o destino que o alcaide tomará."
Espero que o destino seja algum lugar de onde ele nunca mais possa voltar. E não deixará saudades. A não ser no Ademir Del Pintor e no pessoal do Parlamento da ACIM, seus sócios no condomínio municipal.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Hipocrisia e início da reação.

Como falei no post abaixo, os jornalistas de bem da cidade foram convocados para reagir ao "ataque feroz" do Rigon. Vejam a hipocrisia, depois do escândalo do superfaturador e embromão Silvio II:
"Complicação
A situação de João Ivo Caleffi, ex-prefeito de Maringá, que trocou o PT pelo PMDB, está bastante complicada no Tribunal de Contas do Estado. As contas de João Ivo referentes ao ano de 2004 não foram aprovadas, e o TC aponta uma série de irregularidades.
Torcida
Tem muita gente torcendo, principalmente no PT, para que seja votada logo as contas do ex-prefeito de Maringá, João Ivo Caleffi, que trocou o PT pelo PMDB. A torcida é para que as contas sejam rejeitadas, e João Ivo fique inelegível."
É cômico. Vai ficar inelegível igual o Jão Alves, a Edith Dias e o Reicardo. Nessa idade e se submetendo a esse papel. Ridículo.

Reunião de Urgência.

O Governo de Urgência e do Marketing, liderado pelo Diniz Neto e a Meta Propaganda convocaram todos os "jornalistas de bem" da cidade para uma reunião de Urgência hoje, no Palácio Imperail. Estavam presentes, o chefe deles, Diniz Neto, o assecla e serviçal Francês, e os velhos conhecidos de sempre: Fabretti, Verdelírio, o Frank, Joel Cardoso, Pinga Fogo, Léo Jr, Milton Ravagnani, até o Edson Lima. O Jão Alves e o Hossokawa também estavam presentes. É hora de ocupar todos os espaços na "imprensa" da Província. Até o Mussi e o Mário Alexandre foram convocados. Parece que eles ficam com a "prensa". O que vai dar ninguém sabe. Mas o alcaide só se preocupa em não perder a cadeira 31 da Academia Brasileira de Eventos.

Empresários mandaram.

Os empresários que estão construindo o Mandacaru Boulevard pediram, e seu empregado de luxo, o Imperador Silvio II atendeu. Como eles estão atrasados com as obras, pediram para o alcaide suspender a obra da Ciclovia da Corrupção para que eles possam inaugurar as duas obras em conjunto. Ele aproveitou o barulho feito pelo Rigon, no superfaturamento da obra, para a cortina de fumaça. Mas o motivo maior é o atraso na obra do Shopping. Você acha que eles ligariam para denuncias de corrupção e superfaturamento. Esse pessoal já perdeu a vergonha na cara faz tempo.

É o cara!

Humberto Henrique é o cara.! É o único vereador com inteligência para exercer o mandato. Nem Mário Verri, nem a Marly. O Humberto deve ter uma ótima assessoria , que o ajuda a fundamentar muito bem as argumentações. Pena que é um óasis nesta Câmara serviçal e vendida, que estão de joelhos no tatami do Jão Alves. Foi assim que ele pautou sua atuação em todos os episódios grotescos da Câmara e da Prefeitura. Agiu com inteligência no episódio da licitação do SAS do Silvio, projeto da implosão da Rodoviária e agora na Ciclovia da Corrupção. Meus parabéns ao vereador Humberto Henrique!

Perda de controle.

O Imperador emplumado e superfaturador, o Pinóquio Silvio II, sentiu a barra. Fez um teatro hoje. De acordo com o Rigon, "Ciclovia: prefeitura pede auditoria e suspende obra " é cortina de fumaça. Já começou a acusar o Observatório Social. Falou em transparência. E para encarecer mais a obra ainda, diz que vai enviar funcionários para conhecer outras obras idênticas. Ridículo. O fanfarrão, titular da cadeira 31 da Academia Brasileira de Eventos sentiu que o seu superfaturamento na obra para levantar fundos para sua campanha a reeleição tomou proporções nacionais. Até o Líder(de tudo que você possa imaginar), Reicardo Barros, sentiu o choque. O Rigon está jurado de morte. Temos que nos unir para preservar sua integridade física. O novelo começou a ser desenrolado. Agora quero ver o Parlamento da ACIM e seus tentáculos que homologam a (des)administração. Já tem rato abandonando o navio.

Bandidagem.

O Messias aborda hoje, em seu blog, o assunto das ONGs e OSCIPs. É coisa de bandidagem, um grande número. Muita grana federal vindo e sem fiscalização. Enquanto isso, tem muita gente embolsando dinheiro desonestamente. E o Governo está deixando de arrecadar muita grana enquanto alguns estão colocando dinheiro em lanchas, carros de luxo, imóveis de alto padrão. Em Maringá temos inúmeros exemplos. A prefeitura da província, é pródiga em contratar e licitar para essas organizações.

Esquema.

Já que falei no post abaixo sobre o pagamento a "jornalistas", vou voltar ao tema. O custo fica entre R$ 300 e R$ 700,00 por mês. O pagamento pode vir via prefeitura ou através do pagamento por alguma empresa(prática comum nesta administração). O gordo apresentador é sócio da prefeitura. Recebe por volta de R$ 10.000,00 por mês, além de ter 5 funcionários seus empregados na Assessoria de Imprensa da Prefeitura. Lembram-se do Randhal. Pois é, trabalhava para o gordo apresentador, só que estava como CC na Prefeitura. E assim é a vida da grande Imprensa de Maringá. Vida inteligente e independente é a minoria. O resto, tá tudo dominado.

Assessoria de Imprensa: filiais.

A prefeitura está usando a imprensa venal para propaganda: ela já comprou os horários da CBN. Agora, todo dia tem um serviçal da prefeitura(secretário, CC ou o o mentor intelectual) lá. Como pode um veículo se prestar a isso. O serviçal Diniz está cobrando hora extra. Além do expediente na prefeitura, onde faz o pagamento dos "jornalistas" vendidos da província, agora faz sessão extra no seu blog. É triste, mas é verdade.

Audiência.

Do blog do Lukas, o Casa do Noca:
"Blogs
É legal saber que o Casa tem um bom acesso. Mais ainda saber de gente que eu imaginava nem acessar a coisa. Fui num rango na véspera do Ano Novo e tinha três que são leitores assíduos do blog. (Noves fora um mundaréu lá que afirmou ler a coluna no O Diário). Me apresentaram pra turma... Um deles disse:"Todo dia logo de manhã eu entro no seu (aí eu cortei ele e fiz uma brincadeira, que você já deve saber qual é- risos geral) ; aí eu vou no Rigon e depois no Messias Mendes. O Notícias da Província também é muito bom".Um outro foi a mesma coisa : "O Rigon, você, o Inconformado e o Messias é 'leitura obrigatória'. Eu só não faço comentários porque eu trabalho na Sanepar e tenho que ler rapidinho".O terceiro noqueiro (não lembro o nome) disse quase a mesma coisa. Citou alguma postagens do Casa de quase um atrás; nem eu lembrava mais. Encheu de graveto o Zé, o Inco e tio Lukas. Me passou umas fofocas e dicas e elogiou o trabalho (?) dos blogs.Obrigado, pessoas."

Pinóquios em série.

Hoje, no pasquim O Diário da Província do Norte do Paraná, o aprendiz de Pinóquio, Gilton Boneau, diz que os planos de saúde não contemplam alguns serviços que o SAS do Silvio não está contemplando. É mentira. Tenho Unimed e todos os serviços que ele diz que não são fornecidos, tenho no meu plano. É mais um caso de contaminação em massa: o vírus da mentira espalhou do chefe para os serviçais do (des)governo municipal. E foi mais além: disse que os funcionários do SAS do Silvio furarão fila quando o Hospital Santa Rita não der cobertura. Aí eles colocarão a conta no SUS, das quais a elite tirou a CPMF que custeava. Ou seja, o financiador da campanha brigou e mudou a licitação e foi atendido pelo prefeito, e a complementação virá do SUS, sem o Lula saber disso. É mais um motivo para se pedir o impeachment do ditador Silvio II.

A mentira tem perna curta.

Na matéria publicada hoje no pasquim Diário da Província do Norte do Paraná e replicado no blog do Rigon "Show pirotécnico não foi evento oficial", o submisso empregado da Câmara, Odair Fogueteiro diz que "Por não se tratar de um evento público, nenhum funcionário da prefeitura foi escalado para fazer a cobertura jornalística e fotográfica da pirotecnia". Ótima explicação, se não fosse falsa. Quando levo meus filhos na Copa Unimed, encontro por lá um aparato de funcionários do Imperador, fotógrafos da prefeitura e agentes de trânsito da Setran. Como diz minha mãe, a mentira tem perna curta. O aprendiz de Pinóquio, Fogueteiro, ainda diz que o foguetório foi bancado por amigos do prefeito. Mas, isso ele não precisava dizer. Tudo esta sendo bancado por amigos do prefeito e ele retribuindo entregando a cidade para eles. Santa hipocrisia. E isso foi eleito para vereador.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Constrangimento.

Era nítido o constrangimento do probo Imperador Silvio II hoje no programa do gordo apresentador. Vão precisar da ajuda de toda a força tarefa da banda da imprensa venal da província.

Cadê o Zanoni, o SER, O Observatório Social e a irmã Cecília.

Começa a ficar difícil para os sócios da prefeitura da Província defenderem o emplumado Imperador Silvio II. Dizem que até convites para inaugurações já estão deixando de ser entregues A presença do embromão e pseudo cristão, Silvio II, já começa a causar constrangimentos nesta sociedade hipócrita da província. Será que o Ariovaldo vai aparecer no O Diário falando sobre corrupção em licitação de ciclovias. E o Zanoni, vai vasculhar os documentos das licitações da ciclovia e do restaurante popular. Ahahahahah, caiu a máscara do Império. O rei está nu.

Matando a charada.

Graças aos relacionamentos do Rigon os escândalos da (des)administração do Imperador Silvio II começaram a aparecer nacionalmente. É como uma garrafa, com uma mensagem dentro, jogada no oceano por um náufrago. Agora, encontraram a garrafa. Em vez de criarem entidades fantoches como SER, Observatório Social e Zanoni deveríamos arranjar alguma forma de remunerar o Rigon, como a consciência crítica da cidade e o verdadeiro auditor dos escândalos desses corruptos que estão aflorando com esse (des)governo. Com a descoberta, matou-se a charada: isso(a grana superfaturada) já é para o caixa de campanha da reeleição, além das sobras para os bolsos alheios. E tudo, coordenado pelo irmão e Líder(de tudo que você possa imaginar. Tudo, mesmo) Reicardo Barros. Agora, acho que nem o deus falso do Imperador Silvio II o salvará. Ainda bem.

Posts

 
oncontextmenu='return false' onselectstart='return false' ondragstart='return false'>